Presidente Lucas Vasconcelos sugere que prédio, que abriga as atividades da terceira idade, receba o nome de ex-colaboradora e que o Projeto passe a chamar-se “Vida Ativa”

por Comunicação / CMSS publicado 07/07/2021 11h57, última modificação 07/07/2021 11h57

É de autoria do Presidente da Casa do Povo, vereador Lucas Vasconcelos, o Projeto de Lei Complementar nº. 13/2021, que nomina de Eleusa Marcondes Franco Ferreira, o prédio que abriga as atividades da terceira idade e de “Vida Ativa” o projeto.

Em sua justificativa, o Presidente, ressalta que o objetivo da proposição é homenagear a memória de “Eleusa Marcondes Franco Ferreira”, apelidada carinhosamente por “Tia Eleusa”, cuja maior dedicação e paixão era atender e ajudar os mais carentes, realizando visitas residenciais, encaminhamentos para aposentadorias, doação de cestas básicas, consultas médicas em geral e encaminhamentos para Goiânia.

No que diz respeito a denominação apresentada para o projeto da terceira idade, Lucas destaca que, ao longo desses anos, o mesmo recebeu diversas designações por gestores diferentes e o objetivo é regulamentar, de maneira formal, conferindo-lhe o nome de origem, conforme foi denominado na gestão de 2001/2004, que era o projeto Vida Ativa.

“Saliento que, essa denominação, por sua própria expressão é sugestiva no sentido de ajudar a promover um envelhecimento ativo e saudável para os idosos, proporcionando-lhes melhor qualidade de vida, como efetivamente trouxe resultados desde a sua criação”, disse.

Biografia Eleusa Marcondes Franco Ferreira

Nascida em Ituiutaba-MG, em 05 de maio de 1953, filha de Joao Franco de Moraes e Alzira Rosa Franco. Casou-se com Joao Carlos de Paula Ferreira e tiveram 03 filhas.

Eleusa foi professora primária em Paranaiguara-Go, onde a noite também dava aula para o antigo Mobral. Em 1989, no mandato do Prefeito Valdemar Ferreira Mendes, começou a trabalhar na Prefeitura de São Simão, como coordenadora da merenda escolar. No mandato do Prefeito José Marcio de Vasconcelos Castro, trabalhava na Secretaria do Bem-Estar Social. Nos mandatos dos Prefeitos Antônio Eustáquio da Silveira e Dr. José Cardoso dos Santos Filho, trabalhou no PETI, entidade criada pela Drª Ruth Cardoso, a qual ela conseguiu trazer para São Simão-Go, juntamente com a primeira Dama.

Em 2005, deixou a prefeitura para morar na fazenda com seu esposo. Em 2010, foi diagnosticada com um câncer, e passados 11 meses, foi a óbito.

 

registrado em:
error while rendering plone.comments