Preocupado com a segurança da população, Presidente Lucas Vasconcelos pede a criação da Guarda Civil Municipal

por Comunicação / CMSS publicado 24/03/2021 18h16, última modificação 24/03/2021 18h16

A população de São Simão e Itaguaçu tem procurado os gabinetes para que os vereadores sejam interlocutores dos pedidos de ação no município junto à administração municipal. São inúmeras solicitações, mas os que dominam são na área de infraestrutura, saúde, educação e segurança.

O vereador Lucas Vasconcelos, Presidente da Casa do Povo, está agindo e atendendo aos pedidos da população e já deu entrada em vários requerimentos e indicações, uma delas solicita ao prefeito Assis Peixoto a criação da Guarda Civil Municipal de São Simão.

Em sua justificativa, Lucas destaca que este será um órgão civil auxiliar de segurança pública que atuará de forma preventiva em espaços públicos ou em eventos de interesses públicos, devendo atuar em colaboração com as instituições constitucionais de policiamento ostensivo e combate à criminalidade, como as policias estaduais e federais. A Guarda Civil Municipal exercerá suas atividades em toda a extensão territorial do Município, cumprindo as leis e assegurando o exercício dos poderes constituídos no âmbito de suas competências.

“É mais que notória a importância dos municípios no contexto da segurança pública, e nossa cidade não pode ficar à margem deste processo. A União e o Estado, hoje, não comportam mais, sozinhos, tamanha responsabilidade no que diz respeito à ordem pública e preservação do patrimônio”, ressalta.

Segundo o Presidente, não resta dúvidas de que sem ações integradas e profissionalmente coordenadas, problemas simples de ordem pública possam tomar proporções desastrosas. “Diante disso, não podemos simplesmente culpar o Estado e a União e suas respectivas forças policiais pela falta de resposta no que diz respeito à segurança pública, temos que integrar, colaborar e auxiliar dentro de nossa possibilidade para que nosso município esteja mais seguro”, afirma.

Lucas destaca que segurança pública não é só questão policial, é responsabilidade de todos. Para ele, é inadmissível que o município não participe, de forma objetiva e direta, de questões e medidas para prevenir e combater o crime, colaborando social e estruturalmente para atender as necessidades de ações de competência do mesmo, pelo bem comum da população. “É dentro deste entendimento que já buscamos recursos, e através de emendas parlamentares obtivemos resultados positivos nas esferas estadual e federal, para viabilizar a execução de projetos pelo Poder Executivo na criação da Guarda Civil Municipal, sendo tal iniciativa, a forma mais forte e direta de participação do município para a ordem e a segurança pública”, disse.

São coautores da indicação os vereadores Ailton Lopes, Laerte Nogueira e Welington Carvoeiro.

registrado em: ,
error while rendering plone.comments